tiao_viana_marcus_alexandre_e_liderancas_comunitariasPor Nayanne Santana

Os membros da União das Associações de Moradores de Rio Branco (Umarb) e a direção da Federação das Associações de Moradores do Acre (Famac) participaram na manhã desta segunda-feira, 24, de um encontro com o governador Tião Viana e com o prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre, para celebrar o “Dia do Líder Comunitário”, comemorado dia 18 deste mês.

A diretora da Famac, Terezinha Santana da Silva, disse que o governador sempre se mostrou sensível às reivindicações das lideranças comunitárias. “Aproveitamos para apresentar algumas demandas para ele, como a transferência de titulação definitiva da sede da Umarb, e ele assinou, como um bom sinal, para que a gente possa melhorar cada vez mais”, declarou.

Tião Viana afirmou que o governo do Estado é humilde ao reconhecer que a força da democracia está na comunidade. “Eu escuto, eu opino e aprendo ouvindo as pessoas. Estamos juntos para superar e vencer os problemas”, disse o governador.

Gilson Albuquerque, da Umarb, agradeceu o apoio que a União recebe de Tião Viana desde os tempos que ele exerceu o mandato de senador e que se consolidou na sua gestão no governo. “Uma das maiores provas desse respeito que o governador tem pelos líderes comunitários é ter nos chamado para discutir como seria a atuação do programa Ruas do Povo, quando fomos ouvidos sobre as prioridades nos nossos bairros”, destacou Albuquerque.

O prefeito Marcus Alexandre ressaltou que é muito importante que haja integração entre o poder público (estado e município) e as lideranças de bairros.  “Fico feliz por Rio Branco ter um movimento comunitário forte. Um movimento comunitário forte não deve ser problema porque legitima o trabalho de qualquer prefeito que quer trabalhar”, observou.

Ney Amorim, deputado estadual, também participou do encontro e parabenizou os presidentes de bairro pelo trabalho que ele classifica de “digno”, porque luta pelas comunidades.

Fonte: Agência de Notícias do Acre