plebicitopopularJunte-se ao Plebiscito Popular!!!

Centenas de milhares de jovens, trabalhadoras e trabalhadores nas ruas em junho e julho de 2013 deram um recado paras as atuais instituições do país: elas não nos representam!

Assim, as mobilizações escancararam o fosso que existe entre a maioria oprimida da nação e as atuais instituições, que só estão aí para resguardar os interesses da minoria privilegiada das classes dominantes no Brasil.

A reforma do sistema político, necessária para avançar na conquista da democracia, da soberania e das necessidades de todos os setores oprimidos, mais do que nunca está na ordem do dia. Uma vez mais, o Congresso Nacional, dominado por representantes dos grandes grupos econômicos que financiam as campanhas eleitorais, tenta bloquear qualquer mudança de fundo no sistema político.

Se a maioria dos deputados e senadores recusa-se a alterar o sistema político que garante seus privilégios, nós, entidades representativas de trabalhadores e trabalhadoras da cidade e do campo, da juventude, dos movimentos democráticos e populares, decidimos organizar e realizar o Plebiscito Popular com a questão:

Você é a favor de uma constituinte exclusiva e soberana sobre o sistema político?

Esta é a pergunta que chamamos todos e todas à responder. Desde este 15 de novembro de 2013, quando lançamos a campanha pelo Plebiscito Popular, faremos plenárias nos estados, momentos formativos, publicações, mobilizações para construir coletivamente um amplo debate, que terá como ponto de chegada a semana da pátria, de 01 a 07 de setembro de 2014.

Construa conosco nos bairros, escolas, sindicatos, movimentos e locais de trabalho os Comitês para organizar o Plebiscito Popular para que do 01 ao 07 de setembro possamos – ao devolver a palavra para povo brasileiro, para que seja ele a definir os rumos do país – ter milhões dizendo: Sim a uma Constituinte exclusiva e soberana que faça a reforma do sistema político de nosso país!

Vamos levar os resultados do Plebiscito Popular a todas as autoridades e poderes da República: queremos que os interesses da maioria explorada e oprimida que constrói a riqueza da nação sejam respeitados e representados nas instituições políticas de nosso país!

Acesse aqui o Relato da Plenária Final e a Cartilha Plebiscito por um novo Sistema Político.

  • Articulação de Mulheres Brasileiras (AMB)
  • Assembleia Popular (AP)
  • Agenda Pública – SP
  • Associação Brasileira de ONG’s (ABONG)
  • Associação Brasileira dos Pesquisadores pela Justiça Social (ABRAPPS)
  • Central de Movimentos Populares (CMP)
  • Central dos Trabalhadores do Brasil (CTB)
  • Central Única dos Trabalhadores (CUT)
  • Centro de Direitos Humanos e Cidadania do Imigrante (CDHIC)
  • Comissão Pastoral da Terra (CPT)
  • Confederação Nacional das Associações de Moradores (CONAM)
  • Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino (CONTEE)
  • Conselho Indigenista Missionário (CIMI )
  • Conselho Nacional do Laicato do Brasil (CNLB)
  • Consulta Popular
  • Coordenação dos Movimentos Sociais – CMS
  • Coordenação Nacional de Entidades Negras (CONEN)
  • Corrente Nacional do PT “O Trabalho”
  • Federação dos Sindicatos de Engenheiros (FISENGE)
  • Federação dos Trabalhadores Urbanitários do Estado de São Paulo (FTUESP)
  • Federação Nacional dos Urbanitários (FNU)
  • Federação Única dos Petroleiros (FUP)
  • Fórum Brasileiro de Economia Solidária (FBES)
  • Fórum de Combate à Corrupção
  • Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC)
  • Frente de Lutas de Juiz de Fora
  • Frente Nacional dos Torcedores
  • Grito dos Excluídos
  • Jubileu Sul
  • Juventude Revolução
  • Levante Popular da Juventude
  • Mandato Deputada Estadual Inês Pandeló – PT/RJ
  • Mandato Deputada Federal Erika Kokay – PT/DF
  • Mandato Deputado Estadual José Ricardo – PT/AM
  • Mandato Deputado Federal Chico Alencar – PSOL/RJ
  • Mandato Deputado Federal Padre Tom – PT/RO
  • Marcha Mundial das Mulheres
  • Movimento Camponês Popular (MCP)
  • Movimento de Combate a Corrupção Eleitoral (MCCE)
  • Movimento de Mulheres Camponesas (MMC)
  • Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB)
  • Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA)
  • Movimento dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Campo (MTC)
  • Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST)
  • Movimento Mística e Revolução – MIRE/RN e RJ
  • Movimento Nacional Fé e Política
  • Movimento Nacional pela Soberania Popular frente a Mineração(MAM)
  • Movimento Popular Pró Moralização do Legislativo (MPMPL/ Juiz de Fora – MG)
  • Movimento Reforma Já
  • Partido Comunista do Brasil – PCdoB
  • Partido dos Trabalhadores – PT
  • Pastoral Afro
  • Pastoral da Juventude Rural (PJR)
  • Pastoral Da Moradia
  • Pastoral Do Migrante
  • Pastoral Fé e Política de Jundiaí – SP
  • Pastoral Fé e Política de Salto – SP
  • Pastoral Fé e Política de Várzea Paulista – SP
  • Plataforma dos Movimentos Sociais pela Reforma Política
  • Rede Fale
  • Rede Nacional de Advogados Populares – RENAP
  • Sindicato dos Advogados de São Paulo – SASP – SP
  • Sindicato dos Eletricitários – SINDIELETRO – MG
  • Sindicato dos Eletricitários de Florianópolis e Região – SINERGIA – SC
  • Sindicato dos Energéticos do Estado de São Paulo – SINERGIA –SP
  • Sindicato dos Engenheiros – SENGE – PR
  • Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Belo Horizonte – SINDIBEL – MG
  • Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba – SISMUC – PR
  • Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Estadual de SC – SINTESPE
  • Sindicato dos Trabalhadores em Água, Esgoto e Meio Ambiente – SINTAEMA – SP
  • Sindicato Dos Trabalhadores Em Entidades Sindicais De 1º E 2º Graus, Associações Profissionais E Centrais Sindicais De Florianópolis E Região Sul – SINDES
  • Sindicato Unificado dos Petroleiros – SINDIPETRO – SP
  • União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES)
  • União Catarinense dos Estudantes (UCE)
  • União de Negros pela Igualdade (UNEGRO)
  • União Estadual dos Estudantes – UEE – MG
  • União Nacional dos Estudantes (UNE)
  • Via Campesina Brasil