A diretoria executiva da Conam, reunida nos dias 12 e 13 de maio de 2017, em São Paulo, data que marca um ano do mais recente golpe parlamentar-jurídico-midiático no país. Reafirma seu compromisso com a defesa da democracia e com a luta contra a retirada dos direitos em curso no país.

Assim sendo, convocamos e conclamamos nossa base, composta por Associações e Federações de Moradores, a se engajarem nessa luta, transformando nossas entidades em Comitês de Defesa dos Direitos Sociais e da Democracia.

Reforçamos a orientação de participação efetiva do movimento comunitário brasileiro, como sujeitos e protagonistas, na FBP (Frente Brasil Popular) e na FPSM (Frente Povo Sem Medo), em todos locais, cidades, estados e nos demais fóruns e espaços, como forma de aumentar a resistência popular e derrotar os golpistas.

Por fim, conclamamos para as mobilizações nas ruas, a exemplo do que fizemos na greve geral do dia 28 de abril e que faremos no dia 24 de maio no Ocupa Brasília, para pressionar contra a aprovação das reformas da previdência e trabalhista. Nenhum Direito a Menos!

São Paulo, 13 de maio de 2017.

Diretoria Executiva
Confederação Nacional das Associações de Moradores