Petroleiros e movimentos sociais realizam manifestação no Rio de Janeiro também para cobrar punição a corruptos e corruptores

Ato em defesa da Petrobras dia 28/11, às 12h30mDiversas organizações de trabalhadores petroleiros e movimentos sociais reúnem-se nesta sexta-feira (28) para um ato em defesa da Petrobras e para cobrar a responsabilização rigorosa dos corruptos e dos corruptores. A atividade acontece ao meio-dia diante do edifício sede de empresa.

Confira abaixo a convocatória da manifestação:

Ato Nacional em defesa da Petrobras 100% estatal, sob controle dos trabalhadores

Chega de terceirização e privatização

Prisão e confisco dos bens de corruptos e corruptores

O projeto de privatização da Petrobras, iniciado por FHC com a quebra do monopólio foi, infelizmente, continuado pelo governo atual, que ano passado coroou este processo com o maior leilão do mundo, o do Campo de Libra.

A corrupção é sistêmica e só a enfrentaremos de verdade estatizando totalmente a Petrobrás e as grandes empreiteiras, desenvolvendo rígidos mecanismos de controle por parte dos trabalhadores e representantes do povo brasileiro.

  • Em defesa da Petrobrás 100% estatal!
  • Prisão e confisco dos bens de corruptos e corruptores!
  • Em defesa da Petrobrás e seus empregados
  • Pela volta do Monopólio!
  • Petrobrás 100% estatal e pública sob controle dos trabalhadores e do povo brasileiro
  • Fim da terceirização
  • Abertura dos livros de todas as empresas
  • Transparência de verdade – acesso a todas as fases e valores dos contratos
  • Investigação rigorosa de todas os desvios e suspeitas, levada a cabo por movimentos sociais independentes
  • Estatização das empreiteiras envolvidas
  • Confisco dos bens de corruptos e corruptores
  • Estabilidade para fiscais de contrato e qualquer trabalhador que denunciar fraudes
  • Proibição de demissão nas empreiteiras envolvidas
  • Eleição dos gerentes pelos trabalhadores do setor. Eleição dos Executivos por Conselho de Representantes dos trabalhadores brasileiros.

Fonte: CUT RJ