Em meados de agosto de 2013 cerca de 400 famílias oriundas das cheias do Rio dos Sinos e dos altos alugueis residentes das Vilas do Bairro Canudos em Novo Hamburgo ocuparam áreas no Loteamento dos Eucaliptos (Vila Marisol).

Situação dramática principalmente dos moradores oriundos das vilas que foram inundadas pelas recentes cheias do Rio dos Sinos, os mesmos perderam tudo o que tinham (eletro doméstico, roupas, moveis e etc.), após a tragédia os moradores decidiram ocupar as áreas que estavam ociosas por mais de vinte anos sendo que três áreas são privadas e uma do poder público (prefeitura).

As famílias não desejam receber moradia de graça, mas sim pagar dentro de suas possibilidades financeiras, o município de Novo Hamburgo que é administrado pelo PT não aceitou conversar com os ocupantes e entrou com um pedido de reintegração de posse.

O Secretário de Organização da Federação Gaúcha de Associações de Moradores (FEGAM), que é filiada a CONAM, Sandro Luiz dos Santos foi procurado pelos moradores e imediatamente a Fegam/Conam passaram a orientar e organizar a ocupação, primeiramente os moradores contrataram um procurador para interromper a ação de reintegração e após buscar um canal de dialogo com a administração que até o momento vem se mostrando intransigente.

No ultimo dia 10 de setembro, os moradores reunidos em assembleia elegeram uma coordenação por setor para aprimorara à organização da luta, também foi tirado um indicativo de se fazer uma marcha até a Prefeitura de Novo Hamburgo.

Fonte: UABV de Campo Bom