Após a jornada de luta em Campo Bom no dia 22 (sábado) e 24 (segunda-feira) de junho de 2013 na Câmara Municipal de Vereadores, o pleito dos mais de 3500 manifestantes foi timidamente atendido por parte do poder público. A UABV em reunião na manhã do dia 29 de junho de 2013 (sábado) divulga a seguinte nota:

 

A diminuição do valor da passagem de R$2,85 para R$2,75 é insatisfatório, levando em conta o pacote de isenções tributárias que a empresa concessionária ganhou dos governos federal, estadual e municipal, também a sociedade fica impossibilitada de avaliar se tal índice é razoável por nunca ter existido em Campo Bom um debate sobre o custo do transporte coletivo na cidade. Por isso continuaremos na luta por: tarifa de R$2,00; conselho municipal de transporte coletivo; mais disponibilidade de linhas e horários; passe livre para os estudantes e debate público sobre o monopólio do transporte coletivo em Campo Bom.

 

Lamentamos também a atitude do MP campo-bonense que arquivou os pedidos dos mais de 3500 manifestantes que pediam apuração do porquê dos vereadores envolvidos nas farras das diárias ainda não foram julgados, que as denúncias sobre as fraudes nas licitações de obras públicas em Campo Bom (operação capivara) não estão sendo investigadas com o MP estadual; a concessão de transporte coletivo em Campo Bom que nunca teve uma planilha de custo discutida com a sociedade, entendemos  que deva ser investigado; frustrando todos aqueles que foram as ruas contra a PEC 37.

 

Até o momento não vimos nenhuma declaração ou atitude do executivo sobre as melhorias nas áreas: saúde, falta de remédios na farmácia do município, melhor atendimento no posto 24h, mais especialistas nos postos (ex.: pediatra, dentista, ginecologista) e habitação para pessoas de baixa renda. No legislativo queremos agilidade na votação de pleitos que emanaram das manifestações.

 

A UABV reafirma o seu apoio a todos os pleitos contidos na carta dos manifestantes do movimento O Gigante Acordou, salientamos as propostas acima por se tratar de bandeiras de lutas históricas do movimento comunitário de Campo Bom.”

 

Campo Bom, 29 de junho de 2013.
A Diretoria da UABV de Campo Bom”