A CONAM – Confederação Nacional das Associações de Moradores – se solidariza aos companheiros do MST e repudia as agressões sofridas pelo companheiro João Pedro Stédile no aeroporto de Fortaleza, em 22/09/2015.

Entendemos que este ato não é isolado e que faz parte de uma ofensiva contra a luta social que avançou muito na última década. Vivemos um momento de necessidade de reafirmação da democracia e das conquistas sociais. Atos de agressões aos movimentos sociais reafirmam a necessidade de mobilizações e unidade destes movimentos progressistas, contra a criminalização das lutas.

Entendemos que a reforma agrária anda conjuntamente com a luta pela reforma urbana e com a luta pelas demais reformas democráticas. Estaremos mobilizados e na luta, ao lado dos demais movimentos sociais e populares, como o MST.

Recentemente a CONAM lançou nota da sua diretoria que reafirma seu compromisso com a unidade popular e as mobilizações sociais para garantir a democracia e combater movimentos golpistas.

Reafirmamos nosso total repúdio a todas as manifestações antidemocráticas de violência e de criminalização dos movimentos sociais e populares.

São Paulo, 23 de setembro de 2015.
Confederação Nacional das Associações de Moradores

Para visualizar em PDF e baixar esta Nota, clique aqui.