A nova presidente acrescentou ainda que o trabalho precisa ser fortalecido no município.

A nova presidente acrescentou ainda que o trabalho precisa ser fortalecido no município.

O papel da Famac é justamente fortalecer os movimentos nos municípios

A solenidade aconteceu, na manhã de ontem, 07, no auditório da União Municipal das Associações de Moradores do Acre (Umarb), quando foi empossada como nova diretoria e presidente da federação a gestora Terezinha Santana da Silva. Após 4 anos de abandono a instituição  volta à ativa.

A posse da nova diretoria simboliza uma nova era da federação da entidade. “Precisamos reestruturar totalmente nossa federação. Estamos entrando com todo o foco possível para atender é buscar realizar todas as demandas possíveis, que estão acumuladas por conta do tempo que a federação ficou abandonada. São mais de 4 anos de total abandono,” detalhou o novo presidente.

A nova diretoria da Famac será liderada por, presidente eleita, que adianta qual será o primeiro passo da entidade. “Temos como meta inicial trabalhar muito para reativar as reuniões nos municípios que ficaram sem apoio nos últimos quatro anos. O papel da Famac é justamente fortalecer os movimentos nos municípios”, detalha.

A nova presidente acrescentou ainda que, a meta é criar associações tão fortes quanto às da capital, que são representadas e estimuladas pela Umarb. “Em Rio Branco já temos uma União forte. Precisamos estender esse trabalho para os municípios do interior e retomar todos os debates e ações de defesa e proteção das comunidades. Estamos com as melhores expectativas possíveis. Outro ponto que precisamos verificar é em relação ao patrimônio da federação que sumiu ao decorrer do tempo, vamos tentar localizar e resgatar os bens da instituição”, detalhou a nova presidente.

Adécio de Castro Nogueira
Diretor da Região Norte I da Conam